Atendimento Online ATENDIMENTO OFFLINE

7 dicas de planejamento para comprar um apartamento

05/06/2020 - 09:39 - Fonte: Moving Blog

Adquirir um imóvel é uma das coisas mais importantes que realizamos em nossa vida. E para quem vai se casar, essa decisão ganha ainda mais significado: é o novo lar onde o amor e a cumplicidade serão compartilhados. Entretanto, essa é uma tarefa que exige muita atenção e cujo sucesso dependerá de um bom planejamento para comprar um apartamento.
 
Além de considerar as metas e os compromissos financeiros, é preciso elaborar estratégias inteligentes para conquistar as chaves da nova residência.
 
Quer se habilitar para a aquisição do imóvel dos sonhos e começar uma nova família? Continue a leitura deste post e conheça dicas indispensáveis para atingir esse objetivo.
 
Saiba a importância do planejamento financeiro
Tomar decisões por impulso para “ver no que vai dar”, especialmente na compra de um imóvel, pode trazer diversos contratempos e crise nas finanças pessoais. Por isso, a recomendação é planejar.
 
Um bom planejamento, ainda que simples, é imprescindível para traçar suas metas e conquistar seu objetivo. É como se fosse um mapa rodoviário sinalizando a velocidade, as rotas alternativas e os pontos de parada, se for necessário uma pausa no trajeto.
 
E na compra do seu apartamento é indispensável fazer um planejamento financeiro. Com ele, as dúvidas quanto à operação ficam mais fáceis de serem sanadas. Questões relacionadas a valor, financiamento, capacidade de pagamento, aspectos legais e entrada precisam estar bem esclarecidas para que você não se precipite nem deixe de fechar um bom negócio.
 
Confira 7 dicas de planejamento para comprar um apartamento
Se você ainda não tem certeza de como iniciar o planejamento financeiro para concretizar uma ótima compra de apartamento, relacionamos dicas importantes para a elaboração do seu plano e que podem facilitar muito essa tarefa. Confira!
 
1. Avalie seu orçamento
Com o planejamento financeiro é que se sabe da capacidade de compra e de pagamento do imóvel. Portanto, o primeiro passo é verificar como está seu orçamento.
 
A dica é criar uma planilha para anotar todas as suas receitas e despesas: remuneração mensal, extras, investimentos, gastos com transporte, telefone, alimentação, educação, saúde e demais gastos fixos e essenciais.
 
A seguir, subtraindo o que você gasta do que ganha, o resultado da operação é o montante que servirá para começar a economizar.
 
2. Corte despesas
Zero ou negativo é um resultado que precisa ser revertido para sair de uma situação financeira delicada que dificultará a realização do seu desejo. Para isso, é certamente necessário cortar despesas.
 
Tenha força de vontade e dedique-se a eliminar primeiro o que é desnecessário. Depois é a hora de avaliar a redução ou o corte de outras despesas: diminuir o happy hour e as saídas com os amigos, optar por atividades de lazer de menor custo ou gratuitas, utilizar mais o transporte urbano, entre outras.
 
3. Poupe dinheiro
Depois de equilibrada a relação receita/despesa com um saldo positivo ao final da cada mês, a sugestão é apostar em investimentos seguros e rentáveis. Esse dinheiro poderá ser aplicado para dar entrada no patrimônio. Se possível, guarde 1/3 de toda a sua receita.
 
Outra dica é sempre negociar descontos. Eles ajudam bastante a economizar e, consequentemente, deixam você mais próximo de sua meta.
 
4. Acerte suas dívidas
Se você está com dívidas atrasadas, faça o que for possível para se livrar dessa situação: corte gastos, procure uma renda extra, venda pertences que não precise mais etc. Caso seu nome esteja na lista dos inadimplentes, tente retirá-lo o quanto antes, pois não é possível realizar financiamento com o nome “sujo”.
 
Se as dívidas são muito altas, negocie com os credores. Existe a chance de um parcelamento ou de desconto para pagamento total do saldo devedor.
 
5. Encontre o imóvel ide
al
Conhecendo sua realidade orçamentária, as linhas de crédito imobiliário disponíveis e até a possibilidade de fazer uso do seu FGTS, você está em boas condições para definir e procurar o imóvel que deseja. Para isso, observe alguns fatores que podem influenciar sua decisão:
 
comprar novo, usado ou na planta: apartamento na planta pode oferecer vantagens nas condições de pagamento, mas é preciso esperar a conclusão da obra; o apartamento novo significa mudar imediatamente, porém com valor de mercado mais alto; o usado, apesar de custo meno
r e mudança imediata, exige verificação da conservação do imóvel e o custo das possíveis reformas, além de muita atenção à situação jurídica;
área construída: dependendo do seu projeto de vida (ter filhos, por exemplo), muito cuidado com a área da construção e ao número de cômodos disponíveis para garantir o conforto dos moradores. Imóveis com apenas um quarto podem ser pequenos demais e os de três, muito grandes. Para a primeira compra, a sugestão é um apartamento de dois quartos;
localização: esse é um fator que influencia diretamente em sua rotina. Observe se a residência está perto de farmácia, supermercado e escola; cheque as condições do trânsito, a facilidade de acesso ao transporte público, a distância do seu local de trabalho ou estudo e se a vizinhança é 
segura.
6. Considere a infraestrutura de um condomínio
A compra do imóvel é um investimento do dinheiro que você reservou. Portanto, tudo que agregar valor ao patrimônio é bem-vindo. Condomínios de construtoras atentas às exigências do mercado oferecem muita comodidade aos moradores: espaço gourmet, área de lazer completa, salão de festa, academia, portaria 24 horas, monitoramento com circuito interno e muito mais.
 
7. Verifique a construtora e a documentação do imóvel
Independentemente de um apartamento na planta, novo ou usado, não se esqueça de certificar-se da credibilidade da construtora. Procure info
rmações com compradores, pesquise na internet, visite outros imóveis e tenha certeza de que a situação do patrimônio é regular perante o município, o estado e a União. Isso evita dores de cabeça com documentos e permite que você adquira seu apartamento de forma segura e dentro da lei.
 
Agora que você conferiu as principais dicas de planejamento para comprar um apartamento, faça o seu e inicie a caminhada em busca da concretização de um dos seus grandes sonhos. E não se esqueça de contar com o suporte de uma imobiliária experiente para ajudá-lo a alcançar essa meta.
 
Para saber mais sobre compra de imóveis, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das novidades!